img11

Facebook

Curta Alavontê!

View
View more
  • Próximo Evento
    20
    ago
    TROFÉU PRIME (BA)
  • Próximo Evento
    23
    ago
    ARACAJU (SE)
  • Próximo Evento
    30
    ago
    LAVAGEM DA RUA 46 (NY)
  • Próximo Evento
    20
    set
    Festival da Primavera (BA)
  • Próximo Evento
    10
    out
    Festival de Lençois
  • Próximo Evento
    14
    out
    Red River
  • Próximo Evento
    21
    out
    Red River (Ba)
  • Próximo Evento
    28
    out
    Red River (Ba)
  • Próximo Evento
    31
    out
    Salvador (Ba)
  • Próximo Evento
    11
    nov
    Red River (Ba)
  • Próximo Evento
    13
    nov
    Morro de São Paulo (Ba)
  • Próximo Evento
    14
    nov
    Salvador
  • Próximo Evento
    18
    nov
    Red River (Ba)
  • Próximo Evento
    02
    dez
    Red River (Ba)
  • Próximo Evento
    26
    dez
    Clube Espanhol (Ba)
  • Próximo Evento
    31
    dez
    Hotel Pestana (Ba)
img09

Galeria

veja Alavontê!

View more
img02

Manno Góes

Ver Perfil

View more
img03

Ricardo Chaves

Ver Perfil

View more
img06

Ramon Cruz

Ver Perfil

View more
img10

SoundCloud

Escute Alavontê!

View
img04

jonga Cunha

Ver Perfil

View more
img07

Magary Lord

Ver Perfil

View more
img08

Andrezão Simões

Ver Perfil

View more
X

Movimento Musical Alavontê
Salvador, Bahia

Carta Alavontê para você.

Prezado (a) amigo(a),

Somos uma reunião de artistas, cantores, compositores, poetas, pensadores e resolvemos nos unir para fazer música. Sem amarras mercadológicas, mas cheios de compromissos com o que somos. O Alavontê somos nós, as nossas mentes, as nossas vidas, o nosso convívio, a nossa criatividade. Nosso início foi a partir de um encontro na piscina da casa de Manno Góes, onde estavam também Andrezão Simões, Ricardo Chaves e Jonga Cunha. Estava formado o grupo.

Convidamos Ramon Cruz, Magary Lord e Durval Lelys. Entendemos que seguiríamos em dois caminhos. Um para registrar as composições e o outro para promover convívio com a cidade. Durval participaria mais dos encontros no estúdio e Adelmo Casé chegou depois e se incorporou ao time. Não somos uma banda, somos um som manifesto de nossas histórias. Todos já fomos banda, agora somos inteiros. E saímos por aí tocando (veja nossa galeria) e espalhando o que chamamos de efeito Alavontê:

Algo que faz sorrir o que se faz, no palco e na platéia. No repertório, músicas destes tempos, autorais, novas e antigas, nossas e do povo inteiro. Do carnaval ao astral, passando pela Bahia e pelo Brasil. Um resgate do espírito carnavalesco, lúdico, livre, leve e solto e que habita todas as épocas da humanidade.

Além das apresentações semanais no Red River, criamos eventos muito bem sucedidos de marca e público que já se tornaram calendário no verão baiano, como ALAVEILLON (O Reveillon do meio do ano), ALAVONTÊ NO TAMAR (Praia do Forte), BAILE DO HAWAI ALAVONTÊ no Yatch Club da Bahia, ALAVONTÊ DE MORTALHA no Camarote de Lícia Fábio, lançando o Carnaval e a PIPOCA ALAVONTÊ, uma apresentação em mini trio aberta para a população durante o Carnaval. E vem mais por aí.. A gente se vê, Alavontê!

Atenciosamente,
Movimento Musical Alavontê

Manno Góes

Sócio-fundador da banda Jammil e Uma noites. Compositor de sucessos como Milla, Praieiro, Minha Estrela, Pre te Ter Aqui, Ê, Saudade, entre outras.

Ricardo Chaves

Cantor e compositor, fez sua estreia no carnaval em 1982. De lá prá cá, comandou alguns dos principais blocos do carnaval de Salvador e emplacou vários sucessos que marcaram a festa como O Bicho, Acabou, Balanço do Trem, Taba, Eva, entre outros.

Ramon Cruz

Baterista, compositor e cantor, fez parte da banda de Daniela Mercury por doze anos e é autor de sucessos como Vejo O Sol E A Lua, Bola de Sabão, Quando A Chuva Passar e Feijão de Corda.

Jonga Cunha

Percussionista, produtor Musical, fundador do Bloco Eva e já tocou com as maiores estrelas da música baiana.

Magary Lord

Percussionista, cantor e compositor Magary Lord é o criador do Black Semba, ritmo que mistura o swing da música africana com células da Black Music. Revelação da música baiana em 2012 é autor de "Circulou" e "Inventando Moda", campeãs do carnaval naquele ano.

Adelmo Casé

Cantor, compositor e músico. Começou aos 14 anos tocando e cantando em bares e shoppings de Salvador até montar sua primeira banda de Black Music em 1998 - a Funk Machine. Em 2002 teve reconhecimento nacional ao participar do programa Fama, da Rede Globo, onde sagrou-se finalista. Em 2005 montou a sua atual banda - Negra Cor, que mistura a música baiana com influências de Black, Mpb e música eletrônica. Já teve canções gravadas por artistas e bandas como Pedro Mariano, Saulo Fernandes, Tomate, Claudia Leitte, Banda Eva, Jammil dentre outros.

Andrezão Simões

Comunicador, produtor e diretor artístico. Agitador cultural, responsável pela criação e direção de vários espetáculos, eventos, marcas e carreira de alguns artistas. Um dos pensadores de destaque da música baiana na atualidade. Assina a concepção da marca Alavontê e Pedrinho da Rocha, artista plástico, sua criação visual.

Durval Lelys

Cantor, guitarrista e compositor. Um dos principais artistas da música baiana e líder do Asa de Águia. Arquiteto e empresário, responsável por ideias e projetos criativos de grande sucesso. Participou da criação e conceituação do Alavontê e é um dos seus grandes estimuladores e parceiros.

13/02/2015 Furdunço (Salvador)

12/02/2015 Camarote Brahma (Salvador)

10/02/2015 Camarote Lícia Fábio (Salvador)

08/02/2015 Pré-Carnaval (Salvador)

28/01/2015 Red River (Ba)

28/01/2015 Red River (Ba)

23/01/2015 Yacht Clube (Salvador)

23/01/2015 Salvador (Ba)

20/01/2015 Red River (Ba)

17/01/2015 Caetité (Ba)

Pranchão Alavontê vai dar volta no Dique durante festejos do aniversário de Salvador
16/03/2015

Os festejos pelos 466 anos de Salvador vão contar com a segunda edição do “Alavontê – Uma volta no Dique”, no dia 22 de março, às 10h30.  Este ano, Ricardo Chaves, Manno Góes, Magary Lord, Jonga Cunha, Ramon Cruz e Adelmo Casé vão comandar o maior agito ao desfilar com o Pranchão Alavontê, grande novidade do Carnaval 2015. O moderno e inédito palco móvel se destaca por permitir maior aproximação e interação entre os músicos e o público. A apresentação faz parte da programação do “Festival da Cidade” e o público terá a oportunidade de curtir ao som de novas canções, além de sucessos autorais e clássicos da música baiana, que marcaram a trajetória de cada integrante.

Foto: Sércio Freitas/Divulgação

 

Serviço:

O quê: “Alavontê -Uma Volta no Dique”

Quando: 22/03/15

Local: Dique do Tororó

Hora: a partir das 10h30

Evento Gratuito

Alavontê e Negra Cor esticam o Carnaval com ESPICHAÊ à beira mar
17/02/2015

No sábado (21), a partir das 19h, a Barraca Maré Blu, localizada em Villas do Atlântico, recebe a festa Espichaê Verão. O Movimento Musical Alavontê e a banda Negra Cor estendem o Carnaval com agito à beira-mar. Com os pés na areia e sentindo o clima praiano, o público vai curtir ao som de sucessos que marcaram os 30 anos da Axé Music e o Carnaval 2015 em Salvador.
 
Para a ocasião, o Alavontê traz seu repertório recheado de hits da música baiana e das carreiras dos integrantes Ricardo Chaves, Manno Góes, Jonga Cunha, Magary Lord, Ramon Cruz e Adelmo Casé, que também integra a banda Negra Cor, além das autorais que fazem o maior sucesso nas apresentações dos alavonteiros.
 
 O agito da noite continua com o show da NEGRA COR, banda que comandou no mesmo local o projeto de sucesso Negra Cor de Verão.  Celebrando nove anos de estrada, o grupo liderado pelo cantor e compositor Adelmo Casé apresenta sucessos do grupo, com destaque para a música de trabalho “Quando o tempo Abrir”.  Ingressos à venda na Ticketmix do Salvador Shopping.
 

Alavontê arrasta milhares de foliões no Furdunço em Salvador
13/02/2015

 Grande novidade do Carnaval 2015, o inédito Pranchão Alavontê arrastou uma multidão no desfile do Furdunço, no Circuito Osmar (Campo Grande), na tarde de ontem (13). Repetindo o sucesso da estreia do palco móvel no Circuito Dodô (Barra), no domingo (8), baianos e turistas celebraram a inovação que permite acompanhar os músicos bem de perto, proporcionando a experiência de brincar colado com o grupo que é destaque desde a formação  em 2013. O Pranchão Alavontê contribui para a revitalização da maior festa de rua do planeta.
 
Bem pertinho dos fiéis foliões, Ricardo Chaves, Manno Góes, Magary Lord, Jonga Cunha, Ramon Cruz e Adelmo Casé - artistas que contam um pouco da história da música baiana – animaram a multidão que lotou a Avenida para curtir a grande novidade preparada pelo grupo especialmente para a folia momesca. Andrezão Simões também integra o Alavontê. Por não ter cobertura, os músicos também podem ser vistos do alto. Ao som de sucessos da Axé Music que este ano comemora 30 anos, além de autorais, o público brincou, dançou e cantou em coro cada canção apresentadas pelos Alavonteiros,  também conhecidos pela originalidade, por promover convívio, valorizar a cultura baiana e as festas populares. 
 
 “O Pranchão foi criado por nós, que brincamos que “o trio desceu”. Defendemos que o trio elétrico pode ser grande e espaçoso- uma grande prancha perto do povo. É o contato mais próximo entre o artista e público, sem as amarras de um bloco. É como se o folião estivesse colado com os músicos”, destaca Jonga Cunha.
 
“Estamos nos aproximando das pessoas, trocando energia com quem está no chão, a galera que vem atrás do trio elétrico. A função do trio elétrico é puxar a massa, mas a gente se distanciou muito, tocando muito longe do público. Agora não, com o Pranchão Alavontê nós vamos nos aproximar o máximo dos foliões”, celebra Ricardo Chaves.
 
“A gente tem só o que comemorar, estamos nos divertindo muito, vibrando com o que está acontecendo. As pessoas estão mostrando felicidade pra gente, isso que é importante. O pranchão é uma consequência do fundamento criativo e da liberdade de criação que nós temos.  Recebemos propostas de alugar nosso pranchão. É muito legal, uma forma de aproximar o artista do público, porque os trios se tornaram muito grandes, carretas enormes. Estávamos muito distantes”, contou Manno Góes.

Pranchão Alavontê estreia na Barra e conquista foliões em Salvador
09/02/2015

Na tarde de ontem (8), domingo que antecede o Carnaval, baianos e turistas viveram uma experiência inesquecível no Furdunço Pré-Carnaval de Salvador, no Circuito Dodô (Barra). O Movimento Musical Alavontê estreou a grande novidade da folia momesca 2015: o Pranchão Alavontê. Amplo e aberto, o moderno e inédito equipamento proporcionou aos foliões a emoção de acompanhar os artistas bem de perto durante o percurso.

 

Bem Alavontê, o prefeito ACM Neto se juntou à multidão que cantou, brincou e dançou ao som do grupo – destaque desde a estreia em 2013 – formado por Ricardo Chaves, Manno Góes, Magary Lord, Jonga Cunha, Ramon Cruz e Adelmo Casé. Os músicos interpretaram sucessos da Axé Músic, gênero que este ano completa três décadas. Os sucessos “Bicho”, “Pra te Ter Aqui”, “Circulou” e “Bola de Sabão”, apresentadas com novos arranjos, integraram o repertório.

 

As autorais, já conhecidas e cantadas em coro pelo público, “Tô gostando de você” e “Oba”, também agitaram a multidão que ficou encantada e aprovou o palco móvel. A inovação busca contribuir para a revitalização da maior festa de rua do planeta. “O Pranchão Alavontê é uma ideia fantástica. Sem dúvida, nos permite brincar e curtir com mais alegria e descontração, principalmente por estarmos bem pertinho dos artistas que admiramos, que contam um pouco da história da música baiana. É um verdadeiro presente para nós foliões”, destacou a advogada Fabiana Marques, 32 anos.

 

“O Pranchão foi criado por nós, que brincamos que “o trio desceu”. Defendemos que o trio elétrico pode ser grande e espaçoso- uma grande prancha perto do povo. É o contato mais próximo entre o artista e público, sem as amarras de um bloco. É como se o folião estivesse colado com os músicos”, destaca Jonga Cunha.

“Estamos nos aproximando das pessoas, trocando energia com quem está no chão, a galera que vem atrás do trio elétrico. A função do trio elétrico é puxar a massa, mas a gente se distanciou muito, tocando muito longe do público. Agora não, com o Pranchão Alavontê nós vamos nos aproximar o máximo dos foliões”, celebra Ricardo Chaves.

“Uma alegria de viver e ver. Estamos todos maravilhados com o fato de tocarmos perto do público, sem cordas, numa verdadeira celebração do carnaval de rua. Parabéns à Prefeitura pela ideia do Furdunço! A alma do carnaval se reoxigenando e trazendo o lúdico e a manifestação espontânea popular de volta para nossas ruas. Nosso carnaval merecia isso. Muito obrigado à multidão que nos acompanhou, do início ao fim, em paz, com alegria e felicidade estampada no rosto”, comemora Manno Góes.

O Movimento Musical Alavontê volta a desfilar no Pranchão na sexta-feira (13) de Carnaval, no Circuito Osmar (Campo Grande).

Contato para show

71 8802.4494

contato@alavonte.com.br

Assessoria de Imprensa
Ana Paula Macedo

71 9912.9836

guapacomunicacao@gmail.com